Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Led Zeppelin, Pink Floyd, The Who, Aerosmith. Revista especula nomes para celebrar 50 anos de Woodstock

woodstock
O aniversário de 50 anos do festival de Woodstock movimenta a internet de forma frenética neste momento devido ao fato de dois eventos terem sido marcados para rolar nos dias 16, 17 e 18 de agosto. No final do ano passado, o site do Bethel Woods Center For The Artsanunciou a celebração do 50º aniversário do festival no local onde o evento foi originalmente realizado no vilarejo de Bethel, no Estado de Nova York. Logo na sequência, no dia 9 de janeiro, Michael Lang, cocriador do festival de 1969, confirmou para a imprensa americana que fará um evento tributo ao aniversário de meio século de Woodstock nos arredores do Autódromo de Watkins Glen, em Nova York, também na mesma data: dias 16, 17 e 18 de agosto.

Tanto o evento na região rural de Bethel quando em Watkins Glen ficaram de anunciar seu line-up em breve. Enquanto isso não ocorre, rolam inúmeras especulações sobre quais estrelas integrariam o ou os festivais. A revista Variety criou um line-up de fantasia para Woodstock 50 que traz de volta alguns dos artistas que fizeram história com o evento, e poderiam voltar, com outros grandes nomes da música.

Vale lembrar que até aqui, somente Carlos Santana confirmou participação em Woodstock. Ao falar para a revista Rolling Stone sobre sua celebração do álbum “Supernatural” , que completa 20 anos e ganhará uma turnê, revelou que vai comemorar também o meio século de presença no icônico festival, mas não especificou em qual dos eventos estará presente.

Abaixo você tem a lista da Variety com o que a revista pensa sobre os principais artistas do rock especulados. A matéria na íntegra, com a análise que inclui ainda possíveis atrações pop e hip hop, pode ser conferida AQUI.

Led Zeppelin
Woodstock 50 precisa de pelo menos um grande retorno, portanto, se Robert Plant e Jimmy Page se reunissem em Woodstock, pela primeira vez desde 2007, não seria apenas o maior nome do festival, representaria o fato do entretenimento do ano. Mas pelo que Plant declarou nos últimos anos, esse retorno é improvável.

Pink Floyd
Outra reunião nada provável, mesmo com pedidos públicos de Nick Mason para Roger Waters e David Gilmour se reconciliarem. O que pode rolar é uma apresentação de Waters ou Gilmor no festival.

Crosby, Stills, Nash & Young
Esses senhores que já passaram todos da casa dos 70 anos se reuniram em Woodstock 94, no entanto, o tempo gerou diferenças irreconciliáveis entre Crosby e Young. A Variety questiona: há dinheiro ou paz e amor suficientes no mundo para fazer esses caras se gostarem novamente por pelo menos uma noite?

The White Stripes
Meg é aposentada da música. Jack White disse que um retorno jamais acontecerá. Mas esta é uma reunião que seria quase tão revigorante para a atual geração quanto o de bandas clássicas.

Grateful Dead
A banda se apresentou no Woodstock original, mas o set deles estava cheio de problemas técnicos causados por uma quantidade enorme de chuva, o que não deixou os caras muito felizes com sua performance. Há aqui uma chance de redenção, especialmente agora com a chegada do Dead & Company que traz membros originais do Grateful Dead tocando ao lado de John Mayer.

Bob Dylan
Recusou o convite para tocar no evento original de 1969, mas hoje integraria como ninguém, por conta de toda sua importância na música, o line-up das celebrações de 50 anos.

Paul McCartney
Nunca se apresentou em nenhuma das edições anteriores do Woodstock. Mas a Variety especula que uma aparição ao lado de Ringo Starr, seria uma performance memorável. E os dois andam muito amigos nos últimos anos, chegando até mesmo a gravar som inédito.

Carlos Santana
Esse, como falamos lá em cima, deve se apresentar. O guitarrista icônico tinha apenas 22 anos quando impressionou o público em Woodstock. Sua performance que mistura ritmos latinos e blues ainda possui a natureza espiritual que o evento pede.

The Who
Os caras estão fáceis. Integraram o line-up original de Woodstock e acabaram de anunciar um novo álbum e uma turnê mundial.

Eric Clapton e Steve Winwood
Eric Clapton enfrenta problemas de saúde, mas ainda faz shows pontuais. Ele e Winwood se reuniram em 2007 para três shows que foram tão bem sucedidos que rendeu uma turnê completa em 2009. Uma dupla perfeita para integrar o line-up de Woodstock 50.

The Rolling Stones
Integra a lista das maiores bandas na época que não se apresentaram no Woodstock original. Os caras estão na ativa e são nomes fortes para o evento.

Bruce Springsteen
Outro nome que se encaixa bem nas celebrações. A Variety lembra que The Boss é um artista prolífico que nunca apareceu em um festival de Woodstock.

Aerosmith
Os lendários roqueiros fizeram um set memorável em Woodstock 94, ainda são “garotos” e  estarão prontos para voltar ao grande palco 25 anos depois.

Alice in Chains
A banda estava no line-up original do Woodstock 94, mas teve que sair devido aos problemas com o vício do vocalista Layne Staley, que viria a morrer em 2002. No momento os caras estão promovendo disco novo e têm agora a chande de marcar presença em Woodstock com o vocalista William Duvall.

Guns N ‘Roses
Há alguns anos isso seria inconcebível. Hoje eles sobem no palco numa boa e são um excelente nome para o line-up de 50 anos do evento.

System Of A Donw
O SOAD combina ativismo político e direitos humanos com sua sonoridade exclusiva. Embora não lance um disco novo desde a Era Paleozóica, os caras ainda têm agenda de shows ativa.

Metallica
Os pioneiros americanos do metal se apresentaram no Woodstock em 94 e 99. Figurinha carimbada para marcar presença no line-up de Woodstock 50.

Tool
Os titãs do metal progressivo iniciaram 2019 com anúncio de disco novo. Embora não sejam uma escolha óbvia para o evento, a Variety aposta na intensidade do show dos caras.

Alabama Shakes
A revista diz que o rock ambiente e blues de Brittany Howard foi feito para o palco de Woodstock.

Foo Fighters
Dave Grohl é a realeza americana do rock’n’roll. Suas ações fazem dele uma estrela do rock e a banda é uma daquelas que está ajudando a manter o gênero vivo entre as massas.

The Black Crowes
Outra baita reunião que deixaria o line-up de Woodstock 50 muito saboroso. Os Crowes foram uma das poucas bandas que mantiveram a essência do rock viva durante os anos 90 até os anos 2000.

Rage Against the Machine
Tom Morello é um dos artistas mais politicamente ativos da atualidade. O RATM, que tocou no Woodstock 99, teria uma boa oportunidade de retorno. Para a Variety, “Morello canalizaria Jimi Hendrix com seu estilo de guitarra”.

Gary Clark Jr
O guitarrista nascido em Austin é, segundo a Variety, o Hendrix desta geração. Vale um vídeo do cara pra você tirar essa dúvida. Dá uma olhada no player abaixo:

Deixe seu comentário:

Nossas Redes Sociais

Rádio Jovem FM


R. Comendador Schumann, 127, Centro/Itajubá - MG
Cep.: 37501-056
Fone: (35) 3622 4649
ouvinte@jovemfm987.com

Mapa do Site

Curta no Facebook

Redes sociais