Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

The Walking Dead choca com cena brutal

twd-1_jk8inzl

The Walking Dead abraçou um ritmo mais desacelerado durante a segunda metade da sua nona temporada. Enquanto isso tenha ajudado a entender mais profundamente seus personagens restantes, é certo que a produção não criou tantos conflitos quanto o esperado. Faltando dois episódios para a conclusão, agora é hora de compensar – e a série faz isso ao entregar nas telas um dos momentos mais chocantes das HQs.

[Cuidado! Spoilers do S09E15 de The Walking Dead abaixo]

The Calm Before“, tal como o título sugere, é um capítulo inteiramente dedicado a estabelecer o encerramento da temporada. Isso significa finalmente tirar ideias do papel, como a tão-falada feira de confraternização das comunidades, e também a guerra contra os Sussurradores, que até o momento não havia ido além de disputas isoladas e em pequena escala. Para facilitar e potencializar o impacto do que está por vir, o programa une ambos os arcos.

A feira em si serve mais como uma representação do que The Walking Dead seria caso o sonho de Rick(Andrew Lincoln) e Carl Grimes (Chandler Riggs) tivesse virado realidade: um mundo em que os sobreviventes poderiam baixar a guarda por um momento, criar laços mais fortes e se divertirem. É um objetivo invejável para a quantidade de tragédias que calejados personagens deste universo já sofreram, mas narrativamente tedioso ao ponto de destacar um grupo de adolescentes fazendo ciúmes em Lydia (Cassady McClincy) como algo interessante de se mostrar. Porém é só quando Alpha (Samantha Morton) é mostrada infiltrada no evento que o seriado indica que está apresentando essas situações com algo maldoso em mente.

Paralelamente ao evento, Daryl (Norman Reedus), Carol (Melissa McBride), Michonne (Danai Gurira) e outros sobreviventes são capturados pelos Sussurradores e confrontados por Alpha. O momento serve para a líder apresentar a enorme horda de mortos-vivos que seu grupo dispõe, quase como uma ameaça final aos sobreviventes para que nunca mais invadam as suas terras. Ela os solta sem maiores disputas, mas alerta que demarcou seu território com uma cerca – e isso já devia servir de alerta para os fãs dos quadrinhos de Robert Kirkman.

O que segue é um dos momentos mais impactantes dos quadrinhos, agora na televisão: a cerca “enfeitada” por cabeças empaladas de sobreviventes, sequestrados por Alpha durante a feira – juntamente com Siddiq (Avi Nash), forçado a ver tudo e deixado vivo para relatar o banho de sangue aos demais. A cena, conduzida com bom equilíbrio entre drama e brutalidade, estabelece tanto pros personagens quanto para o espectador uma coisa: agora a guerra começou oficialmente.

É uma forma corajosa de aquecer o conflito, com um bônus de acontecer antes do fim de temporada – algo especial em uma série com mania de terminar em ganchos. Também é uma boa maneira de limpar um pouco do elenco secundário: além dos irrelevantes, o seriado se despede de Enid (Katelyn Nacon), Tara (Alanna Masterson) e Henry (Matt Lintz). As perdas surpreendem, ainda mais pelo trio estar no meio de arcos recorrentes, mas deixa a imaginar que poderia ser ainda mais chocante se outros como Eugene (Josh McDermitt), Gabriel (Seth Gilliam), ou então o rei Ezekiel (Khary Payton) como é nas HQs, estivessem com as cabeças expostas na cerca. Também é um pouco estranho ter um momento tão importante quanto a união das comunidades ser motivado por um personagem tão fraco quanto Siddiq, lembrete de que o seriado está perdendo seus protagonistas a cada momento.

Mesmo assim, “The Calm Before” é um dos episódios mais chocantes de The Walking Dead em muito tempo – algo que, por si só, é surpreendente de uma série de TV alcançando quase dez anos no ar. Isso não significa que funcione a maioria do tempo: não só muitas das situações são desinteressantes, como também os diálogos são bem complicados de engolir, algo que havia melhorado bastante anteriormente. No fim das contas vale aguentar tudo isso pois é um capítulo que merece uma boa reassistida para mostrar sua eficiência, lentamente construindo tensão e a resolvendo com violência impactante.

The Walking Dead é transmitida aos domingos, às 22h30, pelos canais pagos FoxFox Premium 2 e no serviço de streaming Fox App.

Fonte: omelete.com.br

Deixe seu comentário:

Nossas Redes Sociais

Rádio Jovem FM


R. Comendador Schumann, 127, Centro/Itajubá - MG
Cep.: 37501-056
Fone: (35) 3622 4649
ouvinte@jovemfm987.com

Mapa do Site

Curta no Facebook

Redes sociais